Parabéns pelo seu sucesso

Depois de tanta luta, de tanto esforço, quem poderá impedí-la de gritar bem alto: "Eu venci"?

Você venceu!!! Não só venceu, como arrasou, detonou, enfim, lavou a égua!!!

Então é hora de se jogar pra cima, de curtir os louros da vitória. E que se dane a droga da humildade, porque você é a melhor!!! Sim, minha filha, encha o peito e grite:

"Sou foda pra caralho!!!"

Não é hora de se segurar, mas de deixar as emoções fluirem. Sim, é hora de festejar, de se colocar sob os holofotes, porque você merece mais que ninguém massagear o seu ego!!!!

E foi uma vitória de lavada, não foi? Puta que los pariu, mas lembra de como você tinha medo de falhar? E não era por menos, porque o lance era só entre você e a vida, nada de ajuda do papai e da mamãe. Se chorasse, ia chorar sozinha. É porque nenhum amigo ia atravessar a cidade, no meio da madrugada, para te confortar, dar aquela força, dizer o quanto era forte e determinada. Lembra de quantas vezes sentiu saudades de sua família, aqui, tão longe do afeto de todos, morando em uma cidade enorme como São Paulo, Rio de Janeiro ou New York?

Menina, mas que heroína você foi...Quando batia as saudades, você fechava os olhos e em pensamento voava para bem longe, só para sentir o cheirinho do café que somente sua mãe sabe preparar...E o lance era tão forte, que muitas vezes ela telefonou só para dizer que tinha acabado de sentir sua presença ao lado dela, lembra?

Caramba, mas o que pode ser mais forte que esse amor maravilhoso que sente? E foi por causa deste amor e pelas promessas que fez aos seus pais de que iria vencer, que todos os seu dias, por piores que fossem, valeram a pena. No começo, o salário era de causar vergonha, mal dava pra comprar as merdas de miojo, que você preparava e tentava comer, antes de se dormir, exausta por ter vencido mais um dia de luta.

É, realmente você tinha razão em temer o futuro...Ainda mais quando contava as moedinhas e descobria que com o que tinha você teria que escolher entre ir ou voltar da faculdade a pé, porque não tinha o suficiente para as duas passagens. Qualquer outra garota teria jogado tudo para cima e voltado correndo para os braços dos pais, mas você não...Você olhava para o pouco que tinha e sempre repetia a mesma promessa de que um dia nunca mais iria se preocupar com grana: "Eu vou vencer!".

Teimosa e cabeça dura, graças a Deus!

Você acordava bem cedo, corria para o trabalho, ralava até não poder mais, e ainda tinha que correr para enfrentar as aulas noturnas. E quando batia 23:30Hs, lá estava você, correndo mais uma vez, descendo as escadas rolantes da estação de metrô, contando os minutos para chegar em casa e poder desfrutar do seu sagrado sono de 5 horas...Sim, porque as 6 horas da manhã, enquanto muitos ainda estavam na cama, você já estava de pé, bebendo sua xícara de café, dando uma última olhada no quarto que alugava, para ver se não tinha esquecido nada ligado, e partia em busca de mais um dia.

Fala a verdade: hoje, quando está dentro deste elevador, indo para sua imensa sala de escritório, três vezes maior do que aquele quartinho, onde lavava suas calcinhas na pia do banheiro, será que alguém consegue imaginar que alguém como você, com um cargo tão importante nesta empresa, um dia passou por tantos apertos?

Puts! Agora dá até vontade de dar risadas, mas lembra daqueles malditos lanches, que você e os colegas da faculdade costumavam apelidar com nomes nada "pomposos"? Tinha o pastel "Jesus me Chama", o hot-dog "pé-na-cova", a coxinha "Morte Súbita"...

Mas nada era tão bom e saboroso quanto comer um "cheese Mickey Mouse" na barraquinha que ficava perto da entrada da estação de metrô, não é mesmo? E os famosos "churrascos gregos", que você nunca teve coragem de encarar(graças a Deus), mas que agora, depois de mais uma de suas incontáveis viagens de negócios ao exterior, descobriu que também são vendidos em Paris! É, só que por lá eles são chamados de kebabs! Realmente, comer "churrasco grego" em Paris deve ser mais chic demais...

Peraí... Tá vendo aquela estudante francesa, aquela ali, com um jeitinho meio tímido, que tenta se equilabrar nas pontas dos pés para pegar para ver se o vendedor árabe está caprichando no recheio do kebab? Então, ela não lembra uma garota cheia de medos, mas com milhões de sonhos, que um dia deixou sua cidadezinha para lutar por um futuro melhor?

Você venceu, e o seu troféu é o seu holetrite!!!

Cada zero depois da vírgula em seu salário é um pedacinho desse troféu. Então, minha filha, deixa a modéstia de lado, porque você foi agraciada com algo maravilhoso, algo que poucos podem ter, que é sentir orgulho de si mesma.

Puts! É ou não é bom demais se olhar no espelho e sentir aquele tesão por você? Que coisa boa é essa de estar diante do espelho e ver que você até pode ser pequenininha, de aparência frágil e meio sem jeito diante de tantos elogios que estou fazendo (ah, mas você merece), e mesmo assim ser capaz de saber que ninguém, absolutamente ninguém mais poderia fazer o que você fez...

Você venceu!!!

Acabaram-se as privações, a vontade de comer algo e não ter grana!

Acabou aquela coisa de se apaixonar por um sapato na vitrine da loja e saber que esse amor é platônico...

Agora tudo parece possível.

Então, vamos lá, abra um sorriso imenso, estoure champanhe, desfile com sua melhor roupa e use seu melhor perfume, porque você conquistou o divino direito de ser invejada.

**Se ainda não venceu, espero que acredite no meu dom profético.
Porque esta é apenas uma pequena parte do que vejo para o seu futuro...

..........................................................................................................

Leia meu livro QUERO SEU SORRISO DE VOLTA e vire uma mulher ruim e feliz!!

www.revistaandros.com.br - © Copyright 2014 - Revista Andros

JURO QUE É VERDADE
Um ebook para entender por quê os homens mentem

Só em ebook

Homem
Manual da Usuária.
O primeiro livro que conta tudo sobre os homens.

Só em ebook

Fale Conosco
www.revistaandros.com.br